EU SOU QUEM FUI

Tento em vão

convencer a razão

que sou quem sou.

Não, eu sou quem fui…

eu sou da alma o desgosto,

da vida o sol posto,

o riso que chora,

a mága que implora,

a voz do silêncio

a dor do lamento,

vendaval sem vento.

Eu sou quem fui

o vagabundo

imundo,

o luar sem luz,

calvário sem cruz,

amor sombrio,

doentio.

Eu sou quem fui,

o mendigo nocturno,

de olhar taciturno,

o pranto d’aurora,

saudade que chora,

estrela apagada,

o nada

que não viveu,

EU

 

Machado Ribeiro

Do livro “PÓ” 

 

3 Respostas to “EU SOU QUEM FUI”

  1. Rosangela Says:

    Olá estava passando e resolvi dar uma olhadinha e adorei o que encontrei, seu blog é simplesmente LINDO.Parabéns, quando puder venha me visitar.Beijos e fique com Deus.

  2. oi linda borboleta, tudo bem?obrigada pelo coment. seu blogue está muito lindo, cada texto mais bonito do q o outro. lindo mesmo. Bom gosto tem vc.Beijos da Elen (E.A.S)

  3. Adoro seu blog, tanto, tanto, tanto…:)Fim de domingo. Início de semana e o q desejar além do bom e velho…"Tenha uma feliz e produtiva semana!"Bem, te desejo Drummond:http://consc.vilabol.uol.com.br/poesia_drummond.htmBjocas minha flor!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: