O BEIJO DA BORBOLETA (José M. Raposo)

 

 
 
 
O BEIJO DA BORBOLETA

 

 
José M. Raposo
(AoSaborDoVento)
 
Para minha amiga Elen de Moraes no
 seu aniversário
 
 
Mais um ano a borboleta voou,
Pisando, muitas vezes, numa flor
Com a mesma graça e com o mesmo amor.
E de voar ela não se cansou.
 
Em pleno ar seus desenhos traçou,
Emprestando-lhes a vida e a cor,
Como empresta e lhes concede o pintor,
Quando a pintura na tela encerrou.
 
Por vezes, desabrocha tanta flor
Sem que a borboleta as tenha beijado…
Choram infelizes e sentem dor…
 
Porém, a que a borboleta há tocado,
Há de sentir, para sempre, o calor
Desse beijo… tão louco e apaixonado.  
 
 
José M. Raposo
San Rafael – Califórnia –
 

  

 

Uma resposta to “O BEIJO DA BORBOLETA (José M. Raposo)”

  1. ola td bem?
    passei pra ti deixar um abraço bjs..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: