COMIA-TE TODA! – Elen de Moraes

 

 

 

 

Comia-te toda… Ó minha doce gostosa!
Só de te olhar sinto um enorme calafrio
Tomar conta de mim… E tu, toda dengosa,
Provoca-me… pondo-me a vida por um fio.

Oferece-te da vitrine… glamourosa.
Sei que meu desejo por ti é doentio.
Ele se apodera, de forma vergonhosa,
Dos meus fracos sentidos, do meu desfastio.

Eu quero esse teu corpo de merengue mole,
Balançando-se, sensual, como num tango…
Só de te admirar, todo meu Eu te engole!

O meu pecado é desejar comer-te, assim…
Como resistir ao chantilly com morango,
Se te ofereces, continuamente, pra mim?!

Elen de Moraes


Ler mais:
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=136108#ixzz0q3B98Ij9
Under Creative Commons License:
Attribution Non-Commercial No Derivatives

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: